vida de Pedro


Terça-feira , 17 de Julho de 2007


Querido amigos, estamos em um novo endereço:

http://vidadepedroecarolina.blogspot.com


Estamos esperando a boa visita de todos vocês!!

beijos

Escrito por Pedro Pepucho às 00:49
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 02 de Julho de 2007


Carolina está incrivelmente sedutora e graciosa em suas descobertas e novidades!
É como se de uma hora para outra, ela tivesse ligado todos os botões. O botão-conversador-falante é o que mais encanta sempre, deve ser porque sou completamente verbal e as palavras me são tão necessárias quanto o bom ar que respiro. Vamos lá...Carolina nossa ex-pequenina desandou a falar sem parar....são tantas palavrinhas gostosas que marquei algumas, como mamãe-coruja que sou:
- tole - é controle remoto. Ah...e já fala " play" também para começar logo o filme.
- Cadê, neném, azul ( sua primeira cor falada, mesmo que ela ainda não associe muito a palavra com a cor), " abou" ( acabou), " dá a mão" , mimi ( é o "mama" dela..), Ba ( Barney),
coco ( colo) e levanta as maozinhas de forma irresistível, coco ( Cocoricó), dez ( o número), um, dois, papa ( comida), "banhe" ( banho!), agua ( água), Bobo ( Vovó), Bobão ( quando o Pedro implica com ela hahah), toito ( biscoito), bolo ( ela amaaaaa bolo!), bebê, auau, tchau,
"carruo" ( engraçado que ela não fala bibi hahah), cocô ( ela avisa quando fez...), xixi ( imita o irmão fazer pipi ou senta no pinequinho e começa a falar pipi, pipi hahha)...
Quando perguntamos para ela, qual é o seu nome, ela diz assim: Caca!
E as danças? Carolina dançando é o máximo, parece aquelas bonequinhas de corda. Ela dança tão bonitinho e engraçado, se mexe de um lado para o outro, como se estivesse gingando ( capoeira) e nos olha com aquele olhar faceiro.
Tem outra " dança" que apelidamos de karatê, que é a versão da nossa princesa se mexendo freneticamente e fazendo barulinhos de luta...é muito engraçado como ela absorve TODAS as brincadeiras do Pedro, até o som do homem-aranha atirando as suas teias ela faz, posso??
Carolina está também adorando de verdade as suas panelinhas, ela tem uma bolsinha onde ficam todas as panelinhas guardadas e ela quer levar essa bolsa para todos os cantos.
Enfim depois que ela se curou daquela inflamação na garganta que a deixou bem baqueada por vários dias, a nossa Carolina está mais animada que nunca! Em compensação foi ela ficar boa, para o Pedro pegar também a droga da dor de garganta. Ele ficou com o maior febrão por dias, teve que entrar no antibiótico e nós todos ficamos bem cansados e preocupados com toda essa inflamação em família...que droga isso,viu? O nosso Pepucho está há quase uma semana sem poder ir a aula, mas graças a Deus hoje ele começou a se sentir bem melhor e acredito que o antibiótico esteja funcionando bem.
Nossa! esses últimos dias foram um sufoco só, não existe nada no mundo pior que ver os nossos filhos com febre, reclamando de dor e não estando em seu estado normal. Mas agora já está tudo bem e nós somos realmente abençoados de termos filhos cheios de saúde e só temos motivos para agradecer a Deus sempre e sempre!
Mudando de assunto de filhos para blogs...acho que iremos trocar de casinha virtual, digo, o nosso blog está muito cheio e o seu espaço está chegando ao fim, snif! Enfim temos duas opções: apagar os arquivos antigos ou criar um novo blog. Essa semana vamos decidir alguma coisa e se formos mudar mesmo de cantinho, colocaremos o novo endereço aqui!
Estamos aceitando sugestões de nossos queridos leitores e amigos!!



Escrito por Pedro Pepucho às 00:11
[ ] [ envie esta mensagem ]

Terça-feira , 26 de Junho de 2007


Pedro sempre foi muito musical e parece que já veio ao mundo com uma caixinha de música na barriga. Desde que entrou na escola, traz para casa muitas musiquinhas que eles cantam por lá, ás vezes ele fica brincando e cantando as músicas da escola...E eu adoro escutá-las e aprender com ele as novidades.

Música da chamadinha... ( cada criança tem um cartão com a sua foto e o seu nome escrito)

Que nome é esse, neste cartão? Vou bater assim e perguntar então...
- Quem é ?
- Pedro Paiva!

Música da rodinha ( chegada)

Bom dia jardim I, como vai?
Nós faremos o possível para sermos bons amigos...
Bom dia, Pedro Paiva, como vai?
Tudo bemmmmmmmm

Esta é a hora da confraternização deles, os pequenos se abraçam, dão beijinho um no outro, é muito fofo!


Hoje de manhã o Pedro estava espalhando papelzinhos pela casa inteira, amassava, picotava em vários mini-papeizinhos e dizia assim:
- Mamãe estou arrumando esses papéis, aqui ó!
Eu quase tendo uma crise de nervos vendo a sala praticamente toda branca de tanto papel, peço para ele parar com isso, já.
- Poxa, Pedro! que bagunça, filho!
Ele me olha com a cara mais séria do mundo e me manda essa:
- Mamãe, me deixa só um pouquinho em paz!
Eu posso? hahah

Outro dia também foi muito engraçado.
Eu estava na cozinha colocando as coisas do café na bandeja para levar para mesa. Pedro tinha acabado de acordar e estava me ajudando a colocar a mesa e me pergunta:
- Mamaezinha, vamos para o Japão?
- Japão, filho? Nossa...é muito longe, Pedro. O Japão fica do outro lado do mundo.
- Não é aqui pertinho, mãe. Posso pedir para o Papai?
- Mas Pedro, por que você quer tanto ir para o Japão?
Ele me olha com a carinha mais sincera e pura de todas e diz assim:
- Mamãe, a Tia Anitta me falou que os Powers Rangers moram no Japão e eu queria muito ir para lá encontrar com eles!!

E outra ótima e o tal do:
- Você se lembra?
Semana passada estávamos assistindo um filme que ele amava e não víamos há um tempão, aí me ele me fala:
- Mãe, você se lembra da Boo, ela é tão bonitinha? ( personagem do Monstros S.A)
E agora ele está com essa direto, tem me perguntado sempre se me lembro disso ou aquilo, como se houvesse passado muito tempo e ele fosse muito mais velho que é hahah.
- Mamãe se lembra quando eu era pequenino? ( como se ele fosse um adolescente hahah)
- Lembra desse camisa?
- Lembra dessa música?
Ah..o Pedro tem tantas expressões divertidas que preciso registrar para não esquecer daqui há alguns anos, na verdade o bom seria se eu pudesse andar com um gravador a tiracolo, porque ele fala tantas coisas boas e inesquecíveis...
- Papai, você não vai acreditar no que eu, mamãe e Carol fizemos? Vem ver...
E chama o Papaia para o quarto para mostrar algum jogo, desenho, livro ou qualquer outra coisa que fizemos enquanto ele estava trabalhando.
Tem uma história de colaboração que adoro também. Se algum brinquedo ou filme está " sumido" e não estamos encontrando, ele sempre diz:
- Vamos procurar, vou te ajudar...
Aquela mania linda de demonstrar surpresa continua firme e forte.
- Papai, fecha os olhos. Vem ver...você acredita...?
E agora uma expressão que deve ter vindo do mundo da escolinha também. Se está bravo e contrariada , diz:
- Você não é minha amiga....hahah









 

Escrito por Pedro Pepucho às 14:48
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 25 de Junho de 2007


A primeira festa junina da escola...


A grande família em versão junina!


Pedro e Carolina os nossos caipirinhas lindos!!


Existe alegria maior?



A chegada no " arraiá" de Pedro e Carolina!


Lindos como a luz do sol...



No sábado aconteceu a festa junina da escola do Pedro. E nem preciso dizer que foi um dia muito muito importante para todos nós!
Nós acordamos bem cedo para conseguirmos nos organizar e chegarmos na festa com tempo de sobra. As crianças tomaram banho, colocamos um cd de forró e começamos a arrumá-los para a festança. Pedro e Carolina estavam os caipirinhas mais lindos do planeta!
A festa foi em um sítio em Vargem Pequena, um lugar maravilhoso, verde para todos os lados, muito espaço para a criançada se esbaldar, o dia amanheceu ensolarado e tudo estava realmente perfeito para a primeira festa junina escolar do nosso Pedro Pepucho!
Pedro chegou bem animado, na entrada já encontramos com as Vovós, Tia Luli, Tio Paulão e Tia Camila, o que contribuiu mais ainda para a felicidade do Pedro ficar completa.  Depois encontramos com as professoras dele, alguns amiguinhos e ele estava muito à vontade e brincando sem parar...
Eu não via a hora de começar a apresentação do nosso filhote, o meu coração dava voltas e voltas, pulava e saltitava mais que pipoca. Imaginem o que significa para uma mamãe ver o seu filhote cantando e dançando na sua primeira festinha junina da escola...haja coração mesmo!
Bem, a apresentação do Pedro foi logo no começo da festa. As professoras começaram a chamar as crianças para o local que seria a apresentação deles, levamos o Pedro e por um momento pensei comigo que ele na hora h fosse ficar tímido e nem fosse querer participar...
Porque uma coisa é ele dançar e fazer os seus shows para gente, sua família, agora para aquela multidão é outra história.
Ele nos olhava sério, nos entregava uns sorrisos de lado, observava toda aquela platéia enorme e ele ali no meio. E toda aquela confusão boa , crianças para todos os lados,  uma grande roda se formando, Pedro já de mão dadas com a professora e com os amiguinhos, olhava para trás para nos procurar e ter certeza que estaríamos ali...e de repente começa a tocar a música que ele conhecia tão bem, que ensaiou tanto, que cantava para gente toda volta da escola. Pedro entrou naquele universo e era só empolgação. Nosso fillhote fez a coreografia i-n-t-e-i-r-a, tão lindo, tudo tão certinho, tão puro, tão perfeito, tão inesquecível!! Ele levantava, abaixava, tocava a sanfoninha de papel que trazia nas mãos, batia o pezinho no chão como um verdadeiro forrozeiro! Eu fiquei tão emocionada, um sentimento indescritível, meu peito parecia que ia explodir em vários coraçõezinhos igual a um desenho animado...foi muito lindo e forte!
Esse momento já está guardado nas memórias eternas do meu coração! Eu tentei fotografar tudo,mas eu chorava tanto e estava tão envolvida que se a minha irmã tivesse lado teria conseguido registrar tudo com muito mais precisão que eu.
Enfim foi maravilhoso, ele adorou e se divertiu muito.
Depois da apresentação, não parou quieto, curtiu muito toda a festa. Foi várias vezes na pescaria, boca do palhaço, dança das argolas com a Tia Luli e se divertiu a beça com as brincadeiras juninas. Ele ganhou brindes, jogou bola, fez bola de sabão ( que ele ama), experimentou pela primeira vez maça do amor e viveu intensamente todo o seu dia.
Carolina estava linda com o seu vestidão vermelho, ela ganhou muitos colinhos gostosos, brincou na grama, fez as suas gracinhas e passeou a maior parte do tempo no colo macio do Tio Paulão!
Nós amamos a festa, só ficamos um pouco tristes de não termos conseguido chamar todo mundo, visto que o lugar era muitooo longe e o ingresso meio salgado.Mas foi perfeito e uma emoção que iremos lembrar para sempre!
E a música era essa....e nunca mais irei escutá-la sem lembrar do meu Pedro!!


Tem, tem, tem pipoca
tem
Tem animação
Tem pé-de-moleque,
paçoquinha, pinhão
É noite de São João

A fogueira tá queimando
Vamos pular e dançar
Quando a sanfona tocar
Quero ver cada um
pegando seu par

Toca, toca safoneiro
Toca, toca sem parar
O "arraiá" tá enfeitado
Minha gente vamos lá

Toca, toca safoneiro
Toca, toca sem parar
Não quero ninguém parado
balanceio, vamos lá




A galerinha toda...



Nós!


Toca, toca sanfoneiro...toca,toca sem parar...



A roda.


Escrito por Pedro Pepucho às 19:48
[ ] [ envie esta mensagem ]

Terça-feira , 19 de Junho de 2007



Pedro e Carolina meu universo de versos, rosas e iluminações...


Vamos as notícias do fim de semana. Por que tudo o que é bom passa rápido?
No sábado acordamos muito cedo, o que já é uma rotina, o Papai chegou de trabalho e fomos curtir uma prainha com as crianças. Nós fizemos um programinha diferente, fomos ao Baixo Bebê ( o perto do arpoador), o tempo estava super agradável, nem muito sol nem frio, Pedro e Carolina animadíssimos e lá foi realmente muito legal!
Sabe um play no meio da areia com um marzão maravilhoso ao fundo? É isso mesmo.
São vários brinquedos, aqueles de plástico coloridos, casinha, escorrega, cavalinhos e um espaço ótimo para eles se divertirem sem preocupação.
Nós havíamos marcado de encontrar com a Fabi e a Cat e foi muito legal, eu adorei! No começo estava um vendaval com direito a areia nos olhos ( terrível), com toda a pinta que a nossa manhã de sábado iria se transformar naqueles programões de índio, mas depois o tempo sossegou e ficou um solzinho gostoso e todo o resto foi ótimo.
Pedro, Carol e Cat brincaram muito e eu fiquei conversando com a Fabi numa boa. Foi muito legal, eu adorei esse espaço para crianças porque dá para todo mundo se divertir numa boa, tanto os adultos quanto as crianças. Eu já havia ido lá há muito tempo atrás quando a Carolina era um bebê de meses, mas dessa vez foi muito mais divertido e eu achei uma delícia...
Aconteceram vários fatos engraçados entre as crianças. Carolina toda independente e arteira só queria saber de ficar sentadinha no chão completamente concentrada e envolvida brincando de panelinha. Ela escorregou, brincou no cavalinho junto com o irmão, entrava e saía da casinha, mas o que mais gostou e a fez esquecer do tempo, foi mesmo ficar na areia com as tais panelinhas, baldinho , pá e cia. Pedro todo sociavel, falava com todos os amiguinhos que apareciam no pedaço, confraternizou com outros pequenos, ou melhor, outras pequenas, fez amizade com uma meninha chamada Sofia e ficou metade do tempo brincando na casinha com ela. Em seguida ficou todo encantado com a Cat, amiga da irmã dele hahah. Ai..mas a Cat é encantadora mesmo, aquela criança que dá vontade de levar para casa, sabe? Uma menininha com um sorriso que te cativa a primeira vista, toda alegre, toda meiguinha, muita linda! Eles dois sempre se dão super bem em todos os nossos encontros e o Pedro a adora.
Depois Carolina e Cat ficaram brincando dentro da casinha, eu estava conversando com a Fabi e de repente...vejo minha filhota dando uma cambalhota pela janelinha da casa. Minha pequena aquariana- aventureira, se levantou do chão todaaaaaa de areia, tipo um filé a milaneza, sacode a areia e continua brincando numa boa sem derramar meia lágrima, posso com isso?
Mesmo sendo areia e não tendo como machucar,ela podia ter levado susto, mas quem levou o susto fui eu hahah.
No domingo tivemos a primeira festinha da escola do Pedro. O aniversariante se chamava Rafael e o Pedro gosta bastante dele. Foi em uma daquelas casa de festas de vários andares com mil e uma salas de brincadeiras, jogos e etc. O Pedro se divertiu para valer, cada amiguinho que chegava era uma festa...é um barato como eles se comprimentam, se abraçam que nem gente grande hahah. E as meninas ficam enlouquecidas com o nosso filhote,só vendo. Tinha uma meninha linda que acho que se chamava, Debora, só sei que essa pequena estava pulando na cama elástica e ficava clamando o nome do Pedro aos quatro ventos.
Ela pulava e dizia: Pedro Paivaaaaa...Pedro Paivaaaaaaaa e ele só ria, uma cena hilária.
Outra coisa legal ( eu nem curti tanto assim, mas o Papai achou o máximo e realmente para o desenvolvimento dele foi ótimo) foi que o Pedro experimentou um brinquedo enorme, cheio de pontes, escaladas, subidas, tudo super seguro, mas o meu coração de mamãe-protetora não estava gostando muito, não. E ele foi até o final, foi bem legal mesmo.
Carolina não parou quieta meio segundo e se divertiu a beça. O que ela mais gostou foi de uma sala que era tipo uma casa da barbie gigante cheia de pias, geladeirinha, penteadeira, fogão...um ambiente todo rosa, cheio de coisas fofas de meninas.
E a nossa princesinha adorou esse espaço, brincou com tudo e nem queria ir embora.
O que eu mais gostei da festa, sem ser a alegria das crianças, foi ter conversado muito com a professora dele, que é ótima e ficamos horas falando sobre pedagogia, a minha enorme vontade de dar aula para criança e tal. E ela me esclareceu e iluminou vários pontos.


Mamãe, Carolina e Fabi e Cat!


Minha sapeca-perereca!


Pedro na janela! Curiosidade de mundo...


Carolina falando: " abiu"...


Casal 20: Pedro e Cat! Que fofos!!


Alegria, alegria!!


Minha flor favorita...

 

Escrito por Pedro Pepucho às 18:49
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sexta-feira , 15 de Junho de 2007


As crianças estão impossíveis, maravilhosas, bagunceiras, carinhosas, levadas, iluminadas e inteligentes como só Pedro e Carolina sabem ser. Pelo menos para mim que sou mãe deles e não me canso de dizer o quanto sou abençoada de tê-los na minha vida.
Como aquela música da Palavra Cantada que a gente adora e Pedro sabe de cor: " criança não trabalha, criança dá trabalho...". Toda vez que eles aprontavam alguma, lá íamos nós a cantarolar " criança dá trabalho" hahah. Mas é trabalho bom, educar filho é ofício que vem da alma e só traz cada vez mais entendimento e felicidade! É do departamento das coisas mágicas da vida!
Uma das cenas do meu dia que eu mais amo e chegar na escola para buscar o Pedro e vê-lo descendo aquela escadaria com a sua mochila-merendeira nas costas a me procurar, com aqueles olhinhos que de tão pretos e brilhantes, cintilam. Ele vai descendo e olhando em volta e quando me vê, abre um sorriso tão largo e feliz e diz lá do meio da escada:
- É a minha mamãe!
E ele vem correndo na minha direção e me entrega um abraço tão gostoso, tão cheiroso, tão bom...que eu sinto a presença de Deus na minha vida. 
Todos os dias essa cena se repete, mas é como se todo dia fosse novo para mim. É uma alegria sem fim.
O nosso filhote está adorando a escola e agora percebo que ele está completamente adaptado. Aquela timidez foi toda embora e é gostoso ver o quanto ele é querido pelos seus amiguinhos e o quanto está curtindo toda essa história. Como eu já falei antes, a turminha dele já está junta desde o maternal e por isso já se conhecem há mais tempo e tal. Mas o nosso filhote já conquistou todo mundo e é muito engraçado essa convivência e amizade que existe entre eles.
Ontem foi muito bonitinho, estávamos saíndo da escola e o Pedro fala:
- Mamãe, mamãe!! Olha é a minha amiguinha, é a Ana Liz.
A menininha já estava no meio do caminho e olha para trás com a maior cara de sapeca do mundo e dá um sorriso enorme para o Pedro e diz asssim:
- Tchau Pedrinho! achei esse " pedrinho" a coisa mais fofa e engraçada de todas hahh.
Porque nenhum amiguinho o chama por esse apelido e nem nós também. Na turma dele são três Pedros: Pedro Paiva ( o meu amorrrrrr!!), Pedro Costa e Pedro Correa.
Pedro é um conquistador e todas as menininhas se derretem por ele, também ele é um gato!!
Outra coisa muito legal é que ele está bem mais integrado no ambiente, sabe? Nós sempre chegamos um pouquinho mais cedo na entrada e conforme vão chegando os outros amiguinhos, eles ficam brincando, correndo e até o sorriso do Pedro é outro, um sorriso bem mais a vontade e tranquilo.
Ai..são tantas histórias, ele está um meninão mesmo, cheio de personalidade, cada dia mais inteligente e nos surpreendendo com a sua sabedoria sem limites.
Hoje ele me vem com essa:
- Mamãe, coloca no discovery kids Brasil, ponto com? Assim mesmo com esse " ponto com" no final.
Tudo bem eu sei que a geração deles é muito mais ligada a tecnologia que a nossa foi...mas mesmo assim me surpreendo com a agilidade e entendimento que ele mexe no computador.
Ele domina o mouse certinho, liga, desliga, clica no lugar exato do joguinho...só vendo! Em falar nesses joguinhos virtuais, existem alguns muito bacanas para a idade deles. Jogos educativos, inteligentes, divertidos e que estimulam diversas coisas boas. Concordo que o computador, assim como a televisão tem hora e não pode substituir as outras tantas coisas boas da infância, mas que é mais uma boa ferramenta de educação...é sim! Indico um jogo do site do discovery de alfabeto que é o máximo! Muito legal mesmo..mas é claro que na idade deles o importante é estar junto para acontecer a troca e o aprendizado.
No domingo nós iremos na primeira festinha de um amigo da escola, depois conto como foi tudo. Estamos também muito animados com a festinha junina! Imagina ver o meu filhote todo de caipirinha dançando com a sua turma...haja coração! Ele canta o tempo todo a musiquinha de São João que eles estão ensaiando...muito fofo! E a Carolina de caipira está uma boneca do forró...linda demais da conta! A fantasia da nossa princesinha é um arrazo e a cara dela!
E Carolina? Tenho tantoooooo para contar da nossa filhota! Nós duas temos passado tardes deliciosas juntas. Ela está começando a falar várias palavrinhas, toda hora vem uma nova.
E é tão lindo escutar a voz da Carolina...a sua voz é tão doce e delicada como de uma fada.
Já está começando a fase de tentar repetir tudo o que a gente fala...ah! a primeira cor que ela falou foi: azul! e ela fala certinho haha. O engraçado foi que ela começou a falar por causa da brincadeira que fazemos aqui de tentar acertar as cores quando aparece no discovery kids.
E temos uma novidade: finalmente um dvd que a nossa filhota se mostrou bem interessada.
O bom que é um dos meus favoritos: Cocoricó. Ela pega o dvd na estante e fala:
- Coco! Coco! e fica parada na frente da TV dançando toda bonitinha!
Aliás a Carol dançando é um capítulo à parte...é muito lindo!
Ah...ela também está no maior chamego com o Papaia! Quando ela escuta o assobio do Pai no corredor chegando do trabalho, já saí em disparada para a porta. O negócio é que ficam os dois quase se empurrando para essa chegada do Papai!
Carolina tem me dado muitos beijos e ela adora beijar..se deixar me entrega uns 10 selinhos mágicos..ai que delícia!
Ela está com a mania de andar com a sua bolsa de panelinha a tiracolo pela casa e fica dando tchau para todo mundo! Ah...e começou a brincar muito com as panelinhas, que bom!
Ai...são muitas emoções, essa menina me encanta e me deixa cada vez mais apaixonada por ela!!



Escrito por Pedro Pepucho às 23:48
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quinta-feira , 14 de Junho de 2007





Uma segunda-feira de junho de céu muito azul e vento frio...


A minha manhã é uma maratona, não paro meio minuto e me sinto uma verdadeira malabarista tentando equilibrar tudo: casa, horários, filhos, pensamentos e paciência.
Para quem pensa que é mole tomar conta de duas crianças, que são ainda muito pequenas e cheias de mimos, vontades, que exigem o melhor de mim o tempo inteiro, já digo logo que não tem nada de mole...mas de maravilhoso tem sim! E confesso que nunca me senti convivendo com a felicidade tão perto e diariamente. Como eu sempre digo e repito, a melhor parte da vida são os filhos e só quem os tem consegue entender a grandeza e magia que isso significa. E essa felicidade que falo é uma história sem fim. Filho desperta na gente uma mania de ser feliz, uma sensação constante que cada sorriso deles irá nos levar para o paraíso.
Pedro está uma fase mais birrento que nunca, não sei se o motivo é a escola ou se é fase mesmo. A questão é que ele tem dado vários pitis durante a manhã para fazer as suas atividades normais e que fazem parte de sua rotina, como por exemplo: tomar banho, escovar os dentes, me obedecer quando peço com todo carinho para parar quando ele está fazendo alguma coisa errada. E olha que eu tenho uma paciência de monge...falo várias vezes antes de falar em tom mais alto, peço, olho nos olhinhos dele mil e uma vezes para ele fazer o que eu quero e nada acontece, em seguida começo finalmente a perder a paciência.
Carolina é uma menininha linda, mas na mesma proporção levada e manhosa. Ela sobe em cima de todos os móveis, não posso deixá-la sozinha nem para ir na cozinha pegar uma água e voltar. Sem falar que a minha princesinha é completamente grudada comigo, daquele tipo que fica agarrada na minha saia clamando por um colinho eternamente....
Os dois juntos se divertem sim, graças a Deus e são muito amigos. Porém são duas crianças, cada uma com a sua vontade própria e como a Carol é menor tem várias brincadeiras do Pedro que ela não entende ainda, e por mais que queira participar, tem vezes que não dá. Ele ama jogar quebra-cabeça, armamos as peças em cima da sua mesinha de brincadeiras, onde jogamos a maior parte dos jogos. Aí vem a pequena, com a sua linda maozinha e bagunça todas as peças, embarralha tudo...e o jogo precisa ser adiado para depois ou fico tentando dribá-la com outro atrativo. Isso que tem mais uma questão: Carolina tem milhões de bonecas, muitas mesmo, careca, com chupeta, de fraldinha, cabeluda, que aperta barriga e faz barulhinho, colorida, gordinha, pequena, grande e por aí vai. Ela também tem um lindo carrinho de brinquedo para passear com as bonecas, mais um jogo de panelinha para fazer uma festinha gastronômica para as tais bonecas....agora pergunta com o que ela mais gosta de brincar? Quem disse com os brinquedos do Pedro, acertou em cheio. Acredita que ela pega os super heróis e faz até os barulhinhos de luta que o irmão faz?
Tudo bem, admito que os brinquedos do Pedro são o máximo e quando ela nasceu já existia um mundo de brinquedos bacanas que qualquer criança sonharia. Então acho que é mais difícil para ela se focar só nos seus brinquedos de menina...E na minha opinião não existe essa regra de brinquedos de menina e brinquedos de menino, a regra principal é brincar!!

E nesse departamente as crianças se esbaldam, graças a Deus. Eu tenho essa filosofia muito forte, que é fundamental o brincar, criança antes de tudo tem que brincar muito e sempre!
Eu continuo cada vez mais firme e forte no meu propósito de educá-los com todo o meu amor e dedicação. Confesso que tem horas que me bate um cansaço, uma vontade de poder parar só um pouquinho para fazer alguma coisa só para mim: como ler as minhas poesias, escrever sem pressa e tempo determinado, deitar com a perna para o ar e assistir televisão, dormir, dormir, dormir, ir ao cinema, fazer as minhas pesquisas literárias que tanto me agradam, sair para dançar com um forrozinho com o meu amor, esvaziar a mente de tantos pensamentos...mas tenho muito claro na minha mente que essa época que estamos vivendo é única e eles vão crescer e vamos ter todo o tempo do mundo para fazer as outras coisas.
Essa vida de mãe em tempo integral é tudo o que sempre sonhei, mas não tem nada de fácil!
Tudo tem hora, e as minhas manhãs seguem uma rotina quase militar!  Eu preciso dessa organização, já que não tem como eu me dividir em duas, tento colocar o tempo como meu grande amigo. É uma correria danada, fico para cá e para lá feito uma equilibrista...ora estou colocando a mesa do café, ora estou com um dos dois no meu colo querendo chamego, ora estou sentada no chão brincando de carrinho, ora estou dando mama para Carol,ora estou passando a blusa do uniforme do Pedro, ora estou colocando o Pedro no banho, trocando fralda de Carolina, preparando os pratos do almoço, cortando as frutas da merendeira, lendo um livrinho para Carol, fazendo suco, escutando música, arrumando bagunça, dançando, correndo atrás deles quando algum saí correndo que nem vento depois da pirraça...ufa!
O melhor que no final dá tudo certo, graças a Deus!!
Sei que um dia, daqui há alguns anos, vou me lembrar de como era a nossa vida quando eles eram muito pequenos e eu já os achava enormes hahha.
E como disse uma senhora simpática que conheci ontem na rua: essa fase é mágica e passa como um passe de mágica mesmo! Então o melhor é aproveitá-la ao máximo!



Escrito por Pedro Pepucho às 23:31
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 11 de Junho de 2007



Pedro e os seus mágicos 3 anos! ( na sua festa de aniversário)



Nosso Guarda-Vidas gatíssimo iluminando a praia de Ipanema!


Carolina, a nossa princesinha encantada chegando na praia...
( existe menina mais dengosa no mundo?)


Pedro e o seu querido amigo João em um super encontro feliz!

Escrito por Pedro Pepucho às 23:22
[ ] [ envie esta mensagem ]

Terça-feira , 29 de Maio de 2007


Pedro está no auge dos seus mágicos 3 anos!
Na escola está tudo bem e é uma delícia esse leva e traz que acontece da escola para casa e vice versa. Ele chega em casa com várias histórias do que aconteceu no seu dia, do que ele brincou, das atividades que aconteceram por lá, diz o nome de várias amiguinhos e eu fico sempre querendo saber mais e mais. Fazer o quê, ele foi arrumar uma mãe que quer participar de tudo!
A Mariana é a sua melhor amiga, ele fala muito dela e sempre quando perguntamos quem é o seu melhor amigo, ele fala em bate e pronto:
- Mariana! E não é a Mariana B. e a Mariana pequenina. Diz ele todo certo da sua resposta.
Tem também o João Mario, um meninão grandão que é super carinhoso e adora dar beijo em todos os amiguinhos, algumas vezes Pedro fica meio recioso com essa reciprocidade toda...
Mesmo o Pedro sendo um mel, ele não gosta muito de ser apertado e beijado quando ele não está afim. Outro nome que vem muito aqui para casa é Gabriel. Este amiguinho é da turma da bagunça,como diz o Papai, e já empurrou uma vez o Pedro. Eu não gostei nada, Pedro voltou para casa e nos contou todo o episódio e durante um bom tempo não se sentia nada a vontade quando o tal menininho aparecia na sua frente. Mas faz parte do desenvolvimento, os meninos tem mesmo essa necessidade de " lutar", brincar de bater, correr com velocidade como se o mundo fosse acabar amanhã. Os gestos dos meninos são mais intensos, eles são mais barulhentos, as suas brincadeiras são sempre mais dinâmicas. E agora nesta fase dos 3 anos eles começam a afirmar mais ainda a sua condição masculina, franzindo as sobrancelhas e se mostrando muito masculinos, fortes e valentes. Exatamente como os seus Super-Herois favoritos fazem nos tantos filmes que eles assistem.


Cara de meninão com as tais sobrancelhas franzidas....
( deitadão no sofá com o travesseiro da mamãe!)


O nosso Pedro não é uma criança que bate nas outras, nunca teve aquele fase das mordidas que tantos pequenos passam, não tem o hábito de agredir ou empurrar ninguém e é muito carinhoso com todas as pessoas que fazem parte do seu mundo. Na minha opinião essa coisa toda vem de casa, vem de dentro para fora. A criança precisa de pais presentes, disponíveis, abertos para brincar com elas, participar do seu mundo, interagir com os seus sonhos e vontades. Pais que gostem de estar juntos, que curtam participar da criação dos filhos...porque se não existe essa troca, a criança começa a demonstrar atitudes agressivas, como se isso fosse a forma que ela encontra para mostrar o quanto se sente sozinha e carente.
E se o Pedro é tão carinhoso assim é porque ele tem um ninho de muito amor, união, diálogo, pais que estão sempre ao seu lado para o que der e vier. O afeto puro e sincero é o melhor presente que uma criança pode receber.
Todos os dias eu levo e busco o Pedro na escola e observo muita coisa, são tantos tipos de crianças e tantos tipos de pais, aliás na verdade, eu vejo muito mais babás buscando os seus filhos que pais. Que triste,né? Tenho percebido que hoje em dia a maternidade virou um setor tercerizado. Os pais delegam funções para Deus e o mundo para fazerem tudo o que tem vontade e não percebem nem por um momento que estão perdendo uma parte preciosa da vida de seus filhos. Mas esse é outro assunto e depois falo mais sobre essas minhas percepções e sentimentos.
Todas as manhãs o Pedro acorda e quer brincar de quebra-cabeça, ele ama!! Já consegue fazer um inteirinho de 30 peças, muito legal mesmo!
Outra brincadeira que tem acontecido direto por aqui e a " Como faz?". Vou tentar explicar essa brincadeira que inventamos meio por acaso e virou uma rotina em todos os nossos passeios que fazemos andando. É assim, o Pedro pergunta para gente:
- E agora como faz?
E falamos:
- Agora faz um elefante dançante!
Aí ele inventa da cabeça dele uma imitação de um elefante fazendo uma dança maluca hahah.
- E agora, papai?
- Faz um macaco andando de moto.
E o Pedro monta em uma moto imaginária e começa a imitar o tal macaco, com direito a sons e tudo mais hahah.
- E agora, mamãe? O que eu faço?
- Faz uma nuvem sonhadora..
E ele vai e inventa mais uma vez alguma coisa parecida com uma nuvem sonhadora.
Essa brincadeira é um barato e nos divertimos muito! Quem nos vê andando na rua rindo sem parar e o Pedro fazendo as suas mimicas, acha a maior graça e não entende nada. O melhor é que essa brincadeira estimula várias coisas legais como a imaginação, aumenta o vocabulário, estimula a poesia, o gosto pela construção de palavras novas, diverte para valer e é um jogo que não termina nunca e sempre tem algo novo para inventar. Só precisa ligar o faz de conta e deixar a mente fluir...




Pedro e Carolina no Salão do Livro Infantil!


Uma leitura gostosa no sol quentinho!




O sorriso mais lindo do mundo nos jardins do Museu de Arte Moderna...


Que delícia!!



Vejo flores em você...

Escrito por Pedro Pepucho às 15:14
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sexta-feira , 25 de Maio de 2007



Centenário do Braguinha!

No domingo passado levamos Pedro e Carolina na exposição do centenário do Braguinha.
João de Barro, o Braguinha, foi um dos nossos mais importantes compositores populares.
Na minha infância existia uma coleção de discos infantis chamada Disquinho, onde escutávamos as histórias de Chapeuzinho Vermelho, Gato de Botas, O Casamento da D.Baratinha, A Cigarra e a Formiga, Pinóquio, Alice no País das Maravilhas e mais um monte de historinhas que fizeram parte do nosso acervo musical infantil.
Naquela época bem mais do que os desenhos animados o que nos prendia atenção, era colocar um disquinho na vitrola e ficar sonhando acordado com aqueles personagens fabulosos e suas canções encantadoras. E quem compós a maior parte dessa canções foi o Braguinha, não é o máximo?
O Pedro conhece várias dessas histórias que hoje, quase 30 anos depois, eu as conto para ele com todo o meu amor e carinho. Isso é realmente mágico e nos mostra que as verdadeiras histórias, canções, personagens marcantes perpetuam eternamente.
A exposição é muito bacana e desperta bastante interesse nos pequenos. Além de reunir muitas fotos, troféus, textos, objetos pessoais ( como o famoso violão que o acompanhou por anos), a mostra reúne várias atividades lúdicas e educativas, que é o que eles realmente adoram! Tem uma salinha com uns almofadões coloridos no chão, uma grande banqueta com giz de cera e muito papel para a criançada soltar a imaginação e fazer belos desenhos. Outro atrativo muito interessante é um computador que fica ligado todo o tempo, passando várias histórinhas para que os pequenos fiquem nas nuvens e os adultos fazerem uma viagem no tempo e voltarem a ser crianças novamente.
Pedro e Carolina escutaram mil e uma vezes as histórias completamente encantados e curiosos. Em outra sala ficam todos os disquinhos pendurados nas paredes e várias vitrolas distribuídas pelo ambiente, onde é possível colocar os headfones no ouvido e se embalar com aquelas cantigas maravilhosas como por exemplo a clássica do Chapeuzinho Vermelho:
" pela estrada fora eu vou bem sozinha, levar esses doces para vovozinha.".
Nessa hora foi uma disputa para ficar com os headfones nos ouvidos, Pedro e Carolina queriam sempre escutar a mesma vitrolinha.
E o mais legal é que esse ano, o Pedro está estudando sobre o Braguinha na escola. Esse menino vai longe..
Nos divertimos bastante e foi um programa muito legal!

















Cantigas de "Chapeuzinho Vermelho"

(João de Barro)


(Chapeuzinho)

Pela estrada fora eu vou bem sozinha
Levar esses doces para a vovozinha
Ela mora longe e o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui por perto
Mas à tardinha, ao sol poente
Junto à mamãezinha dormirei contente
...

(Lobo Mau)
Eu sou o lobo mau, lobo mau, lobo mau
Eu pego as criancinhas pra fazer mingau
Hoje estou contente, vai haver festança
Tenho um bom petisco para encher a minha pança
...

(Caçadores)
Nós somos os caçadores e nada nos amedronta
Damos mil tiros por dia, matamos feras sem conta
Varamos toda floresta, por mares e serranias
Caçamos onça pintada, pacas, tatus e cotias
...

(Chapeuzinho)
O lobo mau já morreu, agora estamos em festa
Posso brincar com as crianças
E passear na floresta


Escrito por Pedro Pepucho às 16:27
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 21 de Maio de 2007


Eu tenho tantas coisas para contar sobre os últimos acontecimentos das crianças...
São tantas novidades e histórias que me falta tempo para conseguir vir aqui, diariamente, e escrever cada delícia e aventura que esses dois experimentam. Como eu não gosto de escrever de qualquer jeito e nem quero, acabo deixando para depois e quando percebo já passou um tempão e fico eu aqui cheia de notícias atrasadas hahah.
Enfim vou me render a uma atualização com cara de resumo para contar as últimas...


Primeiro Passeio da Escola



O Primeiro passeio foi para o Museu Naif.


Pedro ficou encantado,observava tudo, admirava os belos quadros coloridos...


E ficou realmente impressionado com esse quadro em particular...
Segundo a sua professora, ele passou um tempão só admirando e respirando a bela arte!


O seu primeiro passeio de ônibus escolar também aconteceu e foi o máximo!
Dá para perceber pela expressão de alegria do Pedro! Que baguncinha boa!


Este passeio foi muito legal mesmo e o nosso filhote adorou! Ele voltou para casa nos contando tudo e com detalhes fabulosos. Nós olhávamos as fotos e ele ia descrevendo tudo o que tinha visto e gostado, contou do Saci Pererê, da quadra grande de futebol (Maracanã), da Cuca, do Lobo, dos quadros enormes, das cores...
Enfim foi mágico para ele e Pedro, como taurino assumido, é completamente ligado a arte, a beleza, a natureza, boa música e todas aqueles coisas gostosas que fazem a vida ficar mais colorida! Sei que nós estimulamos bastante, mas tem muita coisa que já veio com ele mesmo, é da sua linda essência!
Ah...eu acredito ter sido a única mamãe coruja que deixou a máquina com as professoras, para ter um registro deste dia tão especial!


Dia das Mães


Primeiro presente do dia das mães feito pelo Pedro na escola!
Eu ganhei esse porta-retrato lindo e pintado por ele e um pote com doces
que também foram feitos pelo meu filhão em sala de aula...os docinhos estavam
muito gostosos e o mais engraçado que ele mesmo os comeu quase todos hahah


Pedro e Carolina me fazem a mãe mais feliz do mundo!!


Eles são o meu melhor e mais valioso presente!!!


Amor, amor, amor....


Dia das mães!


Nós!


A grande família vai ao Planetário


Existe astronauta mais lindo que esse??


Nossa menina mais linda do planeta, também foi a Lua...


Pedro olhando de luneta os planetas...


São vários experimentos interativos e as crianças adoram...

A nossa ida ao Planetário foi ótima e as crianças curtiram muito! Na escola o Pedro está começando a estudar os planetas e o sistema solar e não existe lugar melhor para ilustrar todo esse aprendizado que no Planetário.
Atualmente, foi criado um museu (na minha época não existia) chamado Museu do Universo, onde as crianças podem interagir com diversos experimentos sobre o sistema solar e todos os planetas.
É muito bacana porque o Pedro entrou em contato com várias maquetes, observou o movimento que a terra faz, observou as marés, viu um péndulo pela primeira vez, olhou dentro de telescópios e lunetas, comparou o tamanho e as cores dos planetas... enfim experimentou um programa quase mágico. Mas o que ele mais gostou mesmo foi colocar a roupa de astronauta, ele amou e ficou completamente fascinado. Depois do Museu, fomos em uma seção de cinema lá mesmo no planetário, na Cúpula. A seção conta a viagem pelo tempo de Homero, poeta grego, com o cavalo alado Pégaso. Tudo muito lúdico e educativo, a cúpula fica toda estrelada e a sensação que temos é que estamos realmente olhando para o céu. Mas nesta hora, nosso Pepucho aproveitou o escurinho do cinema e se entregou a um gostoso cochilo. E Carolina mais curiosa e animada que nunca ficou o tempo todo acordadíssima olhando tudo, apontando tudo e "falando" sem parar.



Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraiso se mudou para lá

Por cima das casas, cal
Frutos em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar

Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção

Tem um verdadeiro amor
Para quando você for


Marisa Monte, Vilarejo

Escrito por Pedro Pepucho às 22:14
[ ] [ envie esta mensagem ]

Domingo , 13 de Maio de 2007




 
 
" Tenho alma de artista, sou um gênio sonhador e romântico..."


No dia 05 de Maio fizemos a festa de comemoração do aniversário de 3 anos do nosso Pedro!
É, o tempo passa veloz e feliz como o vento em tardes coloridas de outono. Parece que foi ontem que eu chegava da maternidade com aquele bebezinho careca nos braços, cheia de susto e amor. Aquele bebê cresceu e se transformou em um menino lindo que só nos traz alegrias!
O tema da festa foi Power Rangers, mais uma vez escolhido por ele. Desde do seu primeiro aniversário foi assim. A festa do 1º ano foi de sapo porque "apo" foi uma das primeiras palavrinhas que ele falou, ele adorava esses bichinhos verdes e os encontrava em todos os lugares possíveis (desenhos, revistas, livrinhos, comerciais e etc...). O tema do 2º ano foi o dinossauro roxo mais amado de todos, o Barney. Pedro adorava esse desenho, foi uma das primeiras musiquinhas que ele cantou, nos derretia com as suas declarações de amor e abraços apertados ao término do desenho, fazia coreografia, a família toda ficava tão emocionada que só vendo. Até hoje quando assisto o filme do Barney no Natal, que foi o primeiro que ele ganhou, os meus olhos ficam marejados e o meu coração faz uma viagem por todos os momentos lindos que o tal dinossauro nos proporcionou.
Agora com 3 anos, o nosso Pedro é um meninão que está naquela fase dos super-heroís, das espadas, dos bonecos que ganham vida em sua imaginação. É o tempo das brincadeiras de lutar (Por que todo menino adora tanto isso?), de fazer muito barulho e movimento, de experimentar tudo, de carregar uma curiosidade que se faz presente em cada atitude e olhar.
Tudo vira brincadeira, tudo ganha vida e se transforma em história.
E o mundo da imaginação abre as suas portas. Qualquer folhinha encontrada no meio da rua pode se transformar em belo barco para o Max Steel, a tampa da mamadeira da irmã vira capacete para o Batman, os furos de parafusos na estante servem de apoio para o Pirata da perna de pau ficar de cabeça para baixo, pronto para ser salvo pelo Caçador. E os bonecos voam, saltam, experimentam muitos movimentos diferentes, participam de histórias, no mundo encantado da fantasia criado pelo Pedro. Os 3 anos são um momento fabuloso da vida da criança mesmo!
Então, o tema da festa foi dos Power Rangers, quase-quase o tema escolhido teria sido Toy Story, desenho que ele ama. Mas desde que o Tio Marcello apresentou os bonecos que havia guardado do final de sua infância, os olhos de Pedro Pepucho brilharam de um jeito diferente. Tudo passou a ter relação com esses guardiões fantasiados que tem como meta salvar o mundo. E a nossa casa foi invadida por vários bonequinhos coloridos desses,por todos os lados e um Pedro fazendo " lutas" e movimentos power rangers sem parar!
A festa foi linda, a mesa estava o máximo e quando o Pedro viu tudo pronto ficou em uma empolgação danada. Ele ficou muito feliz!!
Essa comemoração será inesquecível para sempre, digo, inesquecível em todos os sentidos porque até " blackout" nós experimentamos. Vou explicar: na festa da Carolina o som ficou muito baixo, então tivemos a idéia de colocar umas caixas de som enormes ( daquelas grandes mesmo que se coloca em auditório, luau na praia, ginásio de escola etc...) para que o som ficasse bem legal e tal. Só que não imaginaríamos que a caixa de som junto com a fritadeira elétrica gerasse uma queda de luz. Agora pensem nesta cena segundos antes de todos os convidados chegarem e a festa começar? O meu coração estava quase saíndo pela boca, mas graças a Deus tudo foi resolvido e no final tudo deu certo. Salvo um apagão de quase 20 minutos após o parabéns, mas depois conto isso com mais calma.
A festa foi linda, tudo estava mágico, um clima maravilhoso. Toda a nossa grande família e queridos amigos foram, ou seja, estavam presentes no aniversário de 3 anos do nosso Pedro, 105 pessoas especiais!  É incrível essa energia que o Pedro tem, desde do chá de bebê foi assim, todos os eventos do Pepuchão lotam mesmo hahah. O nosso filhote é muito amado e quem o conhece se apaixona por ele à primeira vista!
A parte dos brinquedos mais uma vez foi um sucesso. Eram criançam para todos os lados, todo mundo se divertindo, aquele barulhinho bom da garotada por todos os cantos...muito gostoso! E Pedro no auge dos seus 3 anos corria de um lado para o outro, curtia cada amiguinho que chegava, enfim ele aproveitou mesmo.
Na hora do parabéns, ele realmente adora!! E queria cantar mil e uma vezes, apagar várias vezes a velhinha e aquela festa toda que ele sempre faz! Foi lindo!!
Depois do parabéns, cantado junto por tantas pessoas queridas, a luz caíu. Eu fiquei nervosa e preocupada pensando se a luz não voltasse o que faríamos, mas as crianças curtiram mais ainda com os seus colares luminosos que a Vovó Gê e a Tia Luli tinham trazido para alegrar a festinha. Então sem luz, os tais colares brilharam mais ainda e a criançada achou o máximo!
Graças a Deus a luz voltou e a festa continuou numa boa.
Pedro adorou a sua festa e nós também ficamos muito felizes de celebrar os 3 anos do filho tão amado e querido!!!

 
Viva o Pedro!! Viva!!!


Que o amor, a alegria, a beleza e a poesia façam sempre parte da sua vida!!!


Amor da minha vida daqui até a eternidade...


A filha mais linda do mundo no colo do papai mais lindo do mundo!!
( A Tia Anitta fazendo poesia com a imagem...)
 

Escrito por Pedro Pepucho às 23:16
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quarta-feira , 02 de Maio de 2007



Aniversário de 3 anos do nosso amado Pedro!!



Essa música descreve muito bem a fase mágica dos 3 anos e é a cara do nosso filhote!!
É exatamente o que o Pedro está vivendo e o mais legal é que essa música foi escrita para o Pedrinho do Sítio do Picapau Amarelo. O nosso Pedro adora e sabe cantá-la quase inteira. Pelo jeito todo Pedro é fora de série....


Ele imaginava
Que era rei, soldado, herói, pirata e domador
Era o que queria ser
Porque era um sonhador

Ele acreditava
Em dragão, bruxa, saci, cavalo voador
Via o que queria ver
Porque era um sonhador

E o Picapau Amarelo mundo que escolheu
Era assim como um castelo seu, é

Ele viajava
E era trem, submarino, avião, vapor
Ia aonde queria ir
Porque era um sonhador

E ao Picapau Amarelo retornava então
Pois não há mundo mais belo não

Lá, lá, lá

Ele se encantava
Pois no sítio há tanto bicho, mato, fruta e flor
Ele então só quer crescer
Para o mundo exterior.......
Percorrer, lá, lá, lá (bis)
O mundo percorrer,
Percorrer, lá, lá, lá
Percorrer, lá, lá, lá
Percorrer , lá, lá, lá

Rei, soldado, herói, pirata e domador
Dragão, bruxa, saci, cavalo voador
Trem, submarino, avião, vapor
Dou maior valor

Sítio do Picapau Amarelo
Sítio do Picapau Amarelo

( Pedrinho - Sítio do Picapau Amarelo)


E o nosso meninão ganhou a sua primeira bicicleta da Vovó Lilica!


Pedro ficou muito feliz e curioso vivenciando essa grande aventura!!
 


As primeiras pedaladas e muitos belos caminhos a serem percorridos...


O dia do aniversário do Pedro foi maravilhoso! Quando o Pedro acordou já tínhamos enfeitado a sala inteira, na noite anterior, com bolas coloridas e um cartaz do Power Rangels para que ele já sentisse que era um dia para lá de especial! Durante a manhã choveu muito e depois abriu um sol lindo como se Papai do Céu tivesse pintado o céu de azul para o Pedro!
Ficamos em casa e cantávamos parabéns a toda hora, Pedro ama muito essa história toda de festas de aniversário e quando é o dia dele então nem se fala. Ele era só alegria, animação e ansiedade para chegar logo a noite para que a família toda aparecesse, para cantarmos todos juntos parabéns para o nosso príncipe!
À tarde a Vovó Lilica e o Tio Marcello vieram aqui em casa de surpresa para trazer o presente do Pedro. Quando ele abriu o embrulho e viu a bicicleta ficou na maior empolgação! A primeira coisa que ele falou foi:
- Minha bicicleta, que legal! É igual a do Papai...
E depois descemos para nossa rua para o aniversariante estrear as suas primeiras pedaladas. Foi mágico!
O nosso Pedro se transformou em um grande menino mesmo!!
De noite teve uma festinha linda aqui em casa com toda nossa grande família: Vovós, Vovô, Tios, Dindo e só não veio a Dinda que estava viajando, mas deixou uma mensagem LINDA para o nosso Pepuchão!! Foi uma noite muito especial, Pedro brincou muito, cantou,dançou...curtiu muito toda a baguncinha! Mesmo sabendo que iremos comemorar a festa no dia 05 de Maio, não poderíamos deixar em branco o dia que ele nasceu!!
A hora do parabéns é sempre um evento! Pedro se diverte, quer cantar parabéns mil e uma vezes, não se cansa de apagar a velhinha e adora mesmo todo o ritual!!
Obrigada a Deus por tudo!!


E uma poesia muito linda que Vinicius de Moraes escreveu para o seu filho Pedro, que é uma verdadeira declaração de amor e diz TUDO. Eu adoro e me lembro muito do meu Pedro também...


Como eu nunca lutei para deixar-te nada além do amanhã indispensável: um quintal de terra verde onde corra, quem sabe, um córrego pensativo; e nessa terra, um teto simples onde possas ocultar a terrível herança que te deixou teu pai apaixonado - a insensatez de um coração constantemente apaixonado.
E porque te fiz com o meu sêmen homem entre os homens, e te quisera para sempre escravo do dever de zelar por esse alqueire, não porque seja meu, mas porque foi plantado com os frutos da minha mais dolorosa poesia.
Da mesma forma que eu, muitas noite, me debrucei sobre o teu berço e verti sobre teu pequenino corpo adormecido as minhas mais indefesas lágrimas de amor, e pedi a todas as divindades que cravassem na minha carne as farpas feitas para a tua.
E porque vivemos tanto tempo juntos e tanto tempo separados, e o que o convívio criou nunca a ausência pôde destruir.
Assim como eu creio em ti porque nasceste do amor e cresceste no âmago de mim como uma árvore dentro de outra, e te alimentaste de minhas vísceras, e ao te fazeres homem rompeste meu alburno e estiraste os braços para um futuro em que acreditei acima de tudo.
E sendo que reconheço nos teus pés os pés do menino que eu fui um dia, em frente ao mar; e na aspereza de tuas plantas as grandes pedras que grimpei e os altos troncos que subi; em tuas palmas as queimaduras do Infinito que procurei como um louco tocar.
Porque tua barba vem da minha barba, e o teu sexo do meu sexo, e há em ti a semente da morte criada por minha vida.
E minha vida, mais que ser um templo, é uma caverna interminável, em cujo recesso esconde-se um tesouro que me foi legado por meu pai, mas cujo esconderijo eu nunca encontrei, e cuja descoberta ora te peço.
Como as amplas estradas da mocidade se transformaram nestas estreitas veredas da madureza, e o Sol que se põe atrás de mim alonga a minha sombra como uma seta em direção ao tenebroso Norte.
E a Morte me espera em algum lugar oculta, e eu não quero ter medo de ir ao seu inesperado encontro.
Por isso que eu chorei tantas lágrimas para que não precisasse chorar, sem saber que criava um mar de pranto em cujos vórtices te haverias também de perder.
E amordacei minha boca para que não gritasses e ceguei meus olhos para que não visses; e quanto mais amordaçado, mais gritavas; e quanto mais cego, mais vias.
Porque a poesia foi para mim uma mulher cruel em cujos braços me abandonei sem remissão, sem sequer pedir perdão a todas as mulheres que por ela abandonei.
E assim como sei que toda a minha vida foi uma luta para que ninguém tivesse mais que lutar:
Assim é o canto que te quero cantar, Pedro meu filho...



Pedro amamos muito você!!!!!



 

Escrito por Pedro Pepucho às 14:48
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sábado , 28 de Abril de 2007



Carolina, minha menina linda!!

 

Todo dia é dia de Carolina!! Hoje vou falar só da minha princesa, que há tempos não escrevo nada só sobre ela!

Diário de 1 ano e 3 meses:

Já fala: Mamãe, Papai, Edo ( Pedro), abô ( acabou), achô( achou), abi ( abre), alô ( adora um telefone!), auau ( cachorro), neném, a mão( me dá a mão? e nesta hora, estende a mãozinha e nos puxa para onde ela quer ir) e mais um monte de sílabas gostosas que daqui há bem pouquinho virarão doces palavras.
Ela se esconde atrás da parede da sala e eu fico falando:
- Cadê a Carolina? E ela fica escondida direitinho esperando e em seguida vem toda saltitante, dizendo: achô hhahha
- Tem o seu esconderijo na estante no meio dos DVS do Pedro..engraçado que esse esconderijo já passou de um irmão para o outro...
- Adora uma bolsa! Pega a minha bolsa ou a sua e saí pela casa com a bolsa a tiracolo...toda vaidosa e faceira igualzinha a mãe!
- Coloca a minha pulseira, adora colocar os meus colares, adora que eu a enfeite, ama ser fotogradada e faz mil e uma caras e bocas e sorrisos...muito linda mesmo!
- Entende tudo o que a gente fala para ela: - Carol, pega essa boneca para Mamãe? Carol cadê a sua chupeta? Carol vem aqui? Carolina liga a televisão. Carol abre a boquinha! Carol quer suco? e mais mil e uma coisas.
Adora brincar de se esconder. Eu falo: Carolina vou te pegar, héin? E a nossa perereca saí correndo dando mil e um berrinhos e gritinhos eufóricos...É uma cena muito bonitinha de se ver!

Ela é muito sapeca, rápida demais, sobe em cima de qualquer coisa com uma velocidade de uma atleta hahah.
E a menina mais menina que já vi passar nessa vida....muito feminina mesmo. Faz dengo, quando quer chorar para chamar atenção, faz um drama de novela mexicana, se senta ou deita com a perninha dobrada, tudo vira charme para ela!
Se diverte muito com o Pedro...um barato ver os dois juntos! Agora eles tem interagido muito mesmo.
Quando estamos no quarto com eles, o Pedro fica envolvido com os seus brinquedos e ela sempre quer participar de toda a brincadeira dele. Tem vezes que ele não tem muito paciência e diz logo na lata:
- Não pode Carolina! Para lá! E ela insiste até ele querer brincar com ela hahaaa.
Está perdendo aquele jeito de bebezona e se transformou em uma meninona...cada dia mais linda! Nossa! como ela é bonita, sempre digo para ela que ela será uma mulher linda!
E ela dançando? É o máximo! Toca a música, danço na frente dela e ela começa a se mexer na minha frente sem parar. E quando o Pedro está dançando, ela se mete na frente dele e o olha com uma carinha tão linda...e começa a dançar junto com o irmão! Amo vê-los dançando juntos.
Carolina adora sair, ama passear e é uma criança super tranquila para levar para qualquer lugar, tudo para ela é festa!
Está cada dia andando mais segura! Ela gosta muito de andar para cima e para baixo, no meio da andança..começa a andar muito rápido, se enrola e começa a rir...
Enquanto o Pedro está na escola, nós estamos na nossa escola aqui em casa. E passamos tardes bem gostosas e brincando muito! Ela está começando a descobrir as bonecas e finalmente tem largado de mão por hora, os brinquedos do Pedro. Acredito que ela deva achar muito mais interessante aqueles carrinhos que se movimentam para cima e para baixo, aqueles bonecos com espada, os DVDs e por aí vai. Porém agora ela está curtindo mesmo as bonecas e damos nome para elas, Carol dá beijo, coloca para dormir, morde a barriga...uma comêdia!
São muitas transformações, o tempo passa acelerado e feliz. Nossa pequena está cada vez mais mocinha..a única coisa que não mudou é que ela continua completamente apaixonada pela Mamãe dela...é um grude só!

 



Carol e Maria!


Colocando a Maria para dormir...


E dando beijinho!


E mais beijinhos...


Virei mocinha...e que mocinha mais linda!!


Entre uma leitura e um telefonema!


Cadê Carol? Cadê a Carolina!


Existem dedinhos mais preciosos que estes??


Carolina de mochileira pink!


Enquanto lá fora chovia sem parar...Carol fazia as suas artes por aqui!


Sentadinha que nem gente grande...


E de mulher-gata na casa da Vovó Lilica!

Escrito por Pedro Pepucho às 23:31
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quinta-feira , 26 de Abril de 2007




Hoje fizemos a comemoração do aniversário do Pedro na escola. Apesar dele estar há tão pouco tempo no colégio, achamos que seria muito importante e especial para o nosso filhote, participar dessa celebração com os seus amiguinhos de turma. Ele ama tanto cantar parabéns, adora olhar o bolo todo confeitado, apagar a velhinha, se entrega e se diverte muito com todo esse ritual de aniversário. Então pensamos que seria ótimo para ele vivenciar esse momento na escola também.
É tão gostoso fazer aniversário, se sentir especial com um dia que é só seu, receber aquele carinho gostoso de todos, muitos abraços, diversos sorrisos....e nada melhor que essa energia boa para alguém que está experimentado os seus primeiros passos na vida escolar.
Pedro adorou toda essa história e ele ficou muito feliz! E o mais mágico é que esse ano, ele terá 3 comemorações: escola, aqui em casa no dia do seu aniversário mesmo e a festa no play da Bisá onde será a verdadeira comemoração. Nada mais justo para quem está a completar 3 belos e divertidos anos de vida!! Vivaaaaaaa!!






Semana passada aconteceu a primeira reunião de pais na escola. Foi muito bom, a nossa filosofia é a mesma que a deles. Começou com uma palestra no auditório da escola, onde a coordenadora, que é uma verdadeira educadora daquele-tipo-delícia-de-gente que dá vontade de conversar muito, falou sobre o programa pedagógico deste semestre, das atividades que as crianças estão desenvolvendo e tal. Enquanto isso passavam várias fotos dos pequeninos alunos e nós vimos diversas fotos maravilhosas do nosso Pedro! Fiquei tão emocionada vendo meu filho começando essa grande etapa da vida! Depois foi a vez da diretora da escola, que também gostei bastante, dar a sua mensagem. Ela falou muito sobre a importância do brincar, que infelizmente, hoje em dia está sendo deixado de lado. É muito o que penso também, porque quando a criança brinca ela experimenta diversos personagens, ela se conhece melhor e vivencia muitos sentimentos que muitas vezes ela não conhecia. É no brincar que as crianças constroem o imaginário, conhecem o mundo da fantasia, moldam a sua criatividade, descobrem quem são de verdade e nesta troca, no meio de toda essa alegria que a fantasia traz, eles entendem a realidade. Isso é valioso demais! Criança tem que brincar muito, sempre!
Depois fomos para segunda parte da reunião, que aconteceu na sala do Pedro. Ai...amei estar naquele ambiente que o nosso filho brinca, sonha, aprende, constroí, canta, dança e pinta o sete! Essa parte foi com as professoras e foi muito bom também. Eu gosto muito da professora dele, acho ela ótima, segura, afetuosa, inteligente e isso é muito importante para que essa grande parceria da família com a escola aconteça.
O mais importante mesmo foi que saí de lá muito feliz com tudo o construímos com Pedro até hoje. Me senti muito orgullhosa de mim mesma de toda a dedicação que entreguei ( e entrego) na criação dos nossos filhos. O Pedro foi para escola com quase 3 anos e antes disso eu era a sua única professora, a nossa casa era a sua escola e valeu mesmo todo empenho, toda grande vontade de estimular, de ensinar, de brincar, de mostrar para ele o quanto ele sempre podia ir além e além.
O primeiro filho é a primeira experiência dos pais. São muitas tentativas de acertar, mas como tudo o que acontece pela primeira vez...é muito novo, inédito e revelador em todos sentidos. E educar ninguém ensina, você pode ler mil e um livros, conversar com uma multidão de pessoas, que a realidade é sempre uma caixinha de surpresas! O grande segredo...é que não tem segredo nenhum. A educação acontece no dia a dia, entre uma brincadeira e outra, entre um olhar e outro, entre muitas palavras ditas e repetidas com todo amor do mundo, entre limites do que é certo e do que é errado, entre sonhos, entre verdades e valores, entre histórias e carinhos...entre duas pessoas que mesmo sendo mãe e filho, estarão eternamente se conhecendo. Esse laço é amarrado com raízes do mais puro e avassalador amor!
E é muito bom termos a certeza que estamos fazendo o nosso melhor para que os nossos filhos sejam grandes homens no futuro! E isso tudo me faz pensar muito sobre a maternidade e os tantos caminhos que vivenciamos.
Lembro que mesmo na época que eu trabalhava ( graças a Deus que era só meio expediente) eu chegava em casa e colocava a mão na massa. Sentava com o Pedro para ler muita historinha, desenhava com ele, dançava, colocávamos os nossos disquinhos e nos divertíamos para valer mesmo. A nossa casa sempre pareceu uma creche de tantos brinquedos, livrinhos infantis, disquinhos, papel, caneta, boneco, filmes e mais o que aparecesse para nos ajudar a ensinar mais e melhor. Confesso que muito me realizo e alegro brincando com eles, ensinando, experimentado...eu realmente gosto e me ilumino com isso. E o Papai-Maravilha que é um grande educador de alma é a melhor parceria de todas! Acredita que na reunião dos pais, ele era o único papai que participou da segunda parte na sala??
E agora quando escuto a professora do Pedro a falar que o nosso filho é tão educado, tão carinhoso, que parece que ele já estava na escola e tal...o meu coração se enche de orgulho e muita felicidade!!




A minha comemoração de 31 aninhos! Viva!!



Passeio de bike noturno....


Pedro sempre ama de paixão essa aventura!!


E a nossa linda motociclista também mostrou que adora....


Carolina ficou tão feliz que só vendo....


Na velocidade da luz!

Escrito por Pedro Pepucho às 00:35
[ ] [ envie esta mensagem ]

Busca na Web:

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, LARANJEIRAS, Homem, de 02 a 04 anos, Portuguese, Games e brinquedos, Música, Livros e vídeos